Saramago dizia que Portugal e Espanha são como ““como gémeos siameses que nasceram unidos pelas costas e que jamais viram as suas caras”. A pensar nisso, criámos uma lista de destinos em Espanha que têm mesmo que conhecer e que são ideias para uma escapada a dois ou para um fim de semana em família. Focámo-nos em localidades mais pequenas e, por isso, Madrid e Barcelona estão fora da nossa lista.

San Sebastián

Uma foto publicada por sofia (@sofiamaced0) a


Por nós, íamos viver já para San Sebastían. No verão, a praia de La Concha é das melhores da região e pode sempre apanhar um barco e passar um dia na ilha de Santa Clara. E depois há os pinchos, que apesarem de se parecerem às tapas, são mais compostos e abundantes.

  • Onde está? Situada no norte de Espanha, no País Basco, a poucos km de Bilbao – outra cidade espanhola que merece uma visita.
  • Quando ir? Os amantes do cinema podem aproveitar o mês de setembro para não faltar ao Festival de Cinema de San Sebastian, um dos mais importantes festivais de Espanha. No verão, realiza-se o Festival de Jazz, com vários concertos gratuitos na praia e pela cidade.
  • Curiosidade: Na língua basca, o nome da cidade é Donostia. Aliás, o nome oficial é Donostia/San Sebastián.

Granada


Nem que fosse para visitar Alhambra, Granada já merecia uma visita – lembre-se de reservar os bilhetes para a Alhambra com antecedência, pois eles esgotam-se facilmente. Primeiro estabelecida como um alcazar (fortaleza), a Alhambra foi mais tarde transformada num enorme complexo real. Em Granada, não perca o centro histórico e a magnífica catedral, classificada por muitos como a primeira igreja renascentista espanhola. E as tapas, não se esqueça das tapas!

  • Onde está? No sul de Espanha. Granada está bem rodeada, estando próxima da Serra Nevada e de várias estância de ski, assim como da região turística de Alpujarras e das praias da Costa Tropical.
  • Quando ir? Evite o verão, pois as temperaturas podem ultrapassar os 40 graus.
  • Curiosidade: Esta é das cidades espanholas onde a herança árabe é mais visível. Aproveite para visitar os banhos de Aljibe em Granada.

Cuenca

Não é fácil descrever Cuenca. Na confluência do rios Júcar e do rio Huecar, a cidade foi-se erguendo nos canyons, onde foram construídas as famosas casas colgadas de Cuenca. Cuenca é uma cidade com uma paisagem única, com casas empilhadas em verdadeiros penhascos. Nos arredores de Cuenca há muitas montanhas e trilhos para explorar. Não se vai arrepender.

  • Onde está? De Madrid, pode facilmente apanhar um autocarro ou um comboio com destino a Cuenca, já que menos de 200 km separam as duas cidades.
  • Quando ir? A Primavera é realmente especial em Cuenca.
  • Curiosidade: Quem vai a Cuenca não pode deixar de visitar a Ciudad Encantada, onde foi filmado o filme do Conan, o Bárbaro.

Praia dos Cristais em Laxe

Pode não ser muito grande, são cerca de 70 metros de comprimento por 30 metros de largura, mas a praia dos Cristais, também conhecida como praia do Bigaral, conquistou o nosso coração! Em dias de sol, os cristais da praia brilham e dão um espectáculo de luz belíssimo a quem a visita, com a luz do sol a reflectir nos vidros verdes, vermelhos, castanhos e brancos que estão na costa.

  • Onde está? Na região das Astúrias, na vila de Laxe, na costa da Morte.
  •  Quando ir? A costa asturiana é uma das mais belas de Espanha, bem selvagem e com penhascos vertiginosos. Para desfrutar da beleza deste show de luzes, o melhor é ir num dia de sol – algo que no inverno, escasseia nas Astúrias!
  •  Curiosidade: No passado, a praia foi usada como um aterro para objectos de vidro. Com o tempo e a erosão, garrafas, copos e outros objetos foram-se desfazendo, dando lugar a estes pequenos cristais que se veem agora no areal.

Ourense

Com um centro carismático e possivelmente as pessoas mais amáveis de toda a Espanha, Ourense é uma pequena cidade no norte de Espanha que vale a pena visitar. Aproveite para relaxar nas famosas águas termais da região, que podem ultrapassar os 60 graus! Nos arredores da cidade, há várias poças termais, onde pode aproveitar a água de Las Burgas gratuitamente e desfrutar numa tarde bem passada.

  • Onde está? Não muito longe de Chaves, Ourense fica situado na região da Galiza, no norte de Espanha.
  • Quando ir? Aproveitar as termas ao ar livre, com água quente, mesmo num dia de chuva é uma ideia a considerar. No entanto, talvez deva esperar pelo fim do inverno para melhor explorar a região.
  • Curiosidade: Diz a lenda, que também as ninfas se banharam nas águas termais de Ourense. Como duvidar?

Vejer de la Frontera

Vejer de la Frontera é uma pequena localidade no sul de Espanha, conhecido pelas suas casinhas gaditanas, todas de cor branca e com forte influência árabe. Apesar do verde que a rodeia, as praias são outro atractivo de Vejer da la Frontera. A nossa favorita é a Playa El Palmar, que apesar dos vários bares e restaurantes, tem um extenso areal, ideal para quem gosta da caminhadas na praia ou procura um pouco mais de paz. E se está em Vejer de la Frontera, aproveite para visitar Tarifa, o ponto mais sul de Espanha, onde o Mediterrâneo e o Atlântico se tocam.

  • Onde está? Situado na província de Cadiz, na região de Andalusia, no sul de Espanha.
  • Quando ir? Julho e agosto são meses bastante quentes no sul de Espanha. Se vai a passeio e com poucos planos de praia, opte por ir na primavera ou no outono.
  • Curiosidade: Jerez de la Frontera faz parte da associação dos “Pueblos” mais bonitos de Espanha.