Os 10 destinos Erasmus na Europa mais populares

Sair da zona de conforto, aprender e/ou aperfeiçoar idiomas, conhecer um novo país, intercambio cultural, fazer amigos, … Enfim, são inúmeras as vantagens do Erasmus, assim como de outros programas de intercambio na Europa, que permitem aos alunos saírem do seu país e frequentar a universidade de outros país. Segundo estudos da Comissão Europeia, os alunos que frequentaram programas de intercambio têm, mais tarde, maior êxito no mundo laboral.
Na nossa seleção dos melhores destinos de Erasmus na Europa, avaliamos também o custo de vida, dificuldade do idioma, viagens e, claro, locais de interesse para viajar!

1. Erasmus Heidelberg, Alemanha

Erasmus Alemanha

Heidelberg – Instagram de @ubileesingers

Situada junto ao rio Neckar, entre as colinas de Königstuhl e Heiligenberg, esta foi das poucas cidades na Alemanha que saiu incólume da II Guerra Mundial. A cidade cultiva um lado artístico e intelectual, que atrai estudantes e estrangeiros de todas as partes do mundo.

  • Onde fica Heidelberg? A poucas horas da fronteira francesa, fica no sul da Alemanha, no vale do rio Neckar.
  • Custo de vida em Heidelberg? Os preços são elevados, com o passe mensal a custar cerca de 67 euros e uma viagem pontual custa 2,45 euros.
  • Alojamento em Heidelberg: Antes de fazer a candidatura, verifique se a universidade oferece opções de alojamentos ou residências. Algumas dão preferência a alunos de intercambio. Há estudantes que optam por viver nas cidades vizinhas de Eppelheim ou Dossenheim, por ser mais barato.
  • Que idioma se fala em Heidelberg? Dependendo da universidade ou das disciplinas, as aulas podem ser em inglês ou em alemão. Algumas instituições apenas aceitam estudantes com o nível B2 de alemão.
  • Como viajar para Heidelberg? A cidade está a cerca de 2 horas de cidades como Frankfurt ou Munique, para onde poderá encontrar voos low cost com bastante facilidade.
  • O melhor de Heidelberg: As ruas estreitas e os edifícios de estilo barroco são parte do charme da cidade. Temos a certeza que se vai apaixonar e inspirar no Passeio dos Filósofos. Além disso, é uma cidade alemã, ou seja, funcional, organizada e segura.
  • Locais de interesse em Heidelberg: Na Alemanha, não deixe de visitar Berlim ou Hamburgo – use a Omio para comparar os preços dos autocarros com os das viagens de comboio na Alemanha. Em outubro, não perca o Oktoberfest, o maior festival de cerveja, que todos os anos se realiza em Munique.

2. Erasmus Graz, Áustria

Austria Erasmus

Erasmus em Graz – Instagram de @marinsmahi

Graz é por excelência a cidade universitária na Austria – as seis universidades da cidade recebem mais de 44 mil estudantes por ano! Além da boa reputação das instituições, a cidade está bastante bem organizada, com residências bem equipadas e diversos campus universitários.

  • Onde fica Graz?  A 50 km da fronteira com a Eslovénia, Graz está próxima das margens do rio Mur, no sudeste austríaco.
  • Custo de vida em Graz: Jantar fora sai caro e o passe ultrapassa os 45 euros mensais, ainda assim, a cidade é bem mais barata do que Viena, a capital da Austria.
  • Alojamento em Graz: Para encontrar alojamento barato em Graz, entre em contacto com uma organização chamada Öeadd, que gere os alojamentos dos estudantes.
  • Que idioma se fala em Graz?: Na Austria fala-se alemão. Todavia, é comum as aulas serem em inglês.
  • Viajar para Graz: O Aeroporto de Viena é o principal do país. Uma opção económica a considerar, será reservar um voo para Viena e daqui apanhar o comboio ou o autocarro até Graz.
  • O melhor de Graz: A primavera em Graz é absolutamente deslumbrante, mas no inverno tem a vantagem de se poder dedicar à prática dos desportos de inverno. Graz é uma cidade pequena e acolhedora, onde facilmente se sentirá em casa!
  • Locais de interesse em Graz: Recordamos-lhe que Austria está na Europa central e faz fronteira com a Alemanha, Suíça, Itália, Hungria e República Checa, entre outros. Países que pode facilmente explorar de onibus ou trem.

3. Erasmus Edimburgo, Escócia

Escocia Erasmus

Street art em Edimburgo – Instagram @traveler_por_el_mundo

A capital escocesa é uma opção económica para quem quer fazer um curso de inglês no exterior ou estudar no Reino Unido. Edimburgo é uma cidade vibrante e jovem – só  Universidade de Edimburgo, fundada em 1583, recebe todos os anos mais de 24 mil estudantes!

  • Onde fica Edimburgo? Situada numa zona acidentada, famosa pelos pico, onde estão o Castelo de Edimburgo ou o Arthur’s Seat, Edimburgo está perto do Mar do Norte.
  • Custo de vida em Edimburgo: A cidade é mais barata do que Glasgow ou Londres! No entanto, não deixa de ser uma capital. Por exemplo, um bilhete de transporte em Edimburgo custa 1,50 libras.
  • Alojamento em Edimburgo: Longe vão os tempos, em que era chegar, procurar e conseguir. Hoje em dia, há mais procura do que oferta e convém chegar antecipadamente para conseguir quarto/casa. Outra opção será optar pelas residências da universidade.
  • Que idioma se fala em Edimburgo? O sotaque inglês dos escoceses é conhecido por ser mais marcado. Se ajuda, em Edimburgo é menos acentuado do que em Glasgow ou nas localidades no interior da Escócia. Com o tempo, vai apurando o ouvido e logo, se habitua, vai ver!
  • Viajar para Edimburgo: Apesar da easyJet possuir voos Lisboa Edimburgo diretos, esta nem sempre é a opção mais económica desde Portugal. Tente pesquisar voos para Londres (existem voos low cost para Londres dos 3 aeroportos de Portugal) e daí, apanhar o autocarro ou o comboio para Edimburgo. Apesar da popularidade dos comboios no Reino Unido, viajar de autocarro é muitas vezes mais barato. Com a Omio, compare os preços dos autocarros e comboios, mas também dos voos domésticos. Companhias low cost, como a Ryanair cobrem esta rota, oferecendo viagens a preços bastante competitivos.
  • O melhor de Edimburgo: Além das principais atrações turísticas de Edimburgo, como o castelo ou a catedral, não deixe de explorar a Natureza e as paisagens da Escócia! Em agosto, não perca o Festival de Edimburgo, um dos maiores festivais da Europa!
  • Locais de interesse de Edimburgo: A capital da Escócia é um bom ponto de partida para explorar o Reino Unido (que engloba a Escócia, mas também Inglaterra, Gales e Irlanda do Norte). Não muito longe, está a Republica da Irlanda e não pode deixar de visitar Dublim – de Edimburgo existem comboios por menos de 50 euros e voos baratos Ryanair para Dubilm.

4. Erasmus Salamanca, Espanha

Salamanca Erasmus

Casa Lis em Salamanca – Instagram de @mariobrrs

Salamanca está para Espanha, como Coimbra para Portugal. Ambas são cidades universitárias com uma forte população estudantil e onde a universidade impõe o ritmo de vida da cidade. Os habitantes já estão habituados aos estudantes estrangeiros e a cidade possui várias atrações, sobretudo à noite, com bares e discotecas para todos os gostos. Espanha é muitas vezes apontado como o melhor país para fazer Erasmus na Europa.

  • Onde fica Salamanca? Localizada na comunidade autónoma de Castela e Leão, Salamanca está a poucas horas de Ávila ou Madrid. A cidade está bem comunicada com as cidades portuguesas da Guarda e Viseu.
  • Custo de vida em Salamanca: Comparando com Lisboa, os preços em Salamanca não diferem muito, sobretudo no supermercado. Atividades de ócio, como cinema ou jantar fora são sensivelmente mais caros.
  • Alojamento em Salamanca: Um quarto pode custar cerca de 350 euros.
  • Que idioma se fala em Salamanca? Por norma, as aulas são em espanhol. Idioma, que para um nativo de português é bastante fácil aprender. Se tiver de falar português com um espanhol, fale mais devagar.
  • Viajar para Salamanca: Infelizmente, não existem voos diretos. Deverá sempre apanhar um voo para Madrid e daí viajar de comboio ou camioneta para Salamanca. Se procura viagens ferroviárias, o comboio Trenhotel Lusitânia, que circula entre Lisboa e Madrid, para em Salamanca e também nas cidades do Entroncamento, Caxarias, Pombal, Coimbra-B, Santa Comba Dão, Mangualde, Celorico da Beira, Guarda, entre outras.
  • O melhor de Salamanca: A Plaza Mayor de Salamanca é tida como uma das mais bonitas de Espanha e o Museu Casa Lis é simplesmente deslumbrante. Também os bares e discotecas de Salamanca estão entre os favoritos dos estandates Erasmus.
  • Locais de interesse em Salamanca: Salamanca é um bom ponto de partida para conhecer outras cidades espanholas. De Salamanca existem autocarros e comboios Renfe para Madrid, Barcelona e para outras importantes cidades e atrações turísticas de Espanha.

5. Erasmus Groningen, Holanda

Holanda Erasmus

Fim de dia em Groningen – Instagram de @_grtatt

Apesar de um nível mais exigente na universidade, os professores são também muito abertos e prestáveis. Por estar no norte da Europa, os invernos tendem a ser chuvosos e cinzentos. No entanto, quando chega o sol, o ritmo da cidade muda radicalmente e verá como os holandeses passam a viver no parque e para os churrascos!

  • Onde fica Groningen? Esta pequena cidade universitária está no norte, não muito longe da Alemanha
  • Custo de vida em Groningen: A Holanda é um dos países com o custo de vida mais elevados  na Europa. No entanto, isso não se verifica tanto na ida ao supermercado, por exemplo; mas sim no preço das casas ou dos transportes públicos.
  • Alojamento em Groningen:  Agencias de intercambio e universidades facilitam residências, com quartos individuais ou duplos destinados a alunos estrangeiros.
  • Que idioma se fala em Groningen? O holandês é a língua oficial, mas o inglês é o idioma usado em muitas universidades. 
  • Viajar para Groningen: Pode comprar um voo para Amesterdão e daí apanhar um comboio para Groningen. Outra opção é viajar até Bremen (na Alemanha) e apanhar o autocarro, que em 2h30, circula entre as duas cidades por 11,45 euros e que sai do Aeroporto de Bremen.
  • O melhor de Groningen: Os parques e a bicicleta! Para quem não está habituado, poder movimentar-se de bicicleta faz toda a diferença! Consiga uma, assim que chegar. Além do prazer e de fazer bem à saúde, é uma excelente forma para poupar em transportes.
  • Locais de interesse em Groningen: Na Holanda, as viagens de autocarro são bem mais baratas do que o comboio. Lembre-se disso quando for visitar Amesterdão, Haia e outras cidades holandesas. O mesmo vale para os países vizinhos – Bélgica, Alemanha, França ou Inglaterra, cuja ligação é feita também no trem Eurostar pelo Canal da Mancha.

6. Erasmus Pádua, Itália

Erasmus Italia

Praça em Pádua, em Itália

Pádua tem tudo aquilo que um estudante necessita e que a torna num dos melhores destinos para intercambio: história, cultura, uma universidade de referência, opções de restaurantes baratos, uma vida noturna animada, é segura e muito mais!

  • Onde fica Pádua? A poucas horas de Veneza e de cidades como Vicenza, Bassano del Grappa ou Verona (a cidade do Romeu e Julieta), Pádua fica a norte de Italia na região do Vêneto.
  • Custo de vida em Pádua: Itália, sobretudo a região norte, pode ser mais cara do que o resto de Itália. No entanto, há sempre formas de poupar em Pádua e que todo o estudante Erasmus tem que conhecer: use a bicicleta, nos restaurantes limite-se ao primeiro prato (uma massa) e faça compras em estabelecimentos baratos, como o Coop, o Pam o ou Conad.
  • Alojamento em Pádua: Alugar um quarto pode ultrapassar os 400 euros. A maior frustração é que nem sempre as condições são as melhores, uma vez que muitas casas estão velhas e um pouco descuidadas. Os italianos dizem que faz é charme!
  • Que idioma se fala em Pádua? Na hora de aprende italiano, talvez não seja tão fácil como aprender espanhol, mas sendo uma língua latina, continua sendo bastante acessível – pense sempre que podia ser holandês ou russo! E não se esqueça: estará aprendendo uma das mais belas línguas do mundo!
  • Viajar para Pádua: Desde Lisboa, existem voos para Pádua operados pela TAP. Considere também a opção de viajar para aeroportos nas redondezas, como o Aeroporto de Veneza, o Marco Polo ou para um dos aeroportos de Milão, completando a viagem, indo de autocarro ou comboio.
  • O melhor de Pádua: A cidade em si é irresistível! Prepare-se também para engordar uns quilinhos com a comida italiana e com as especialidades gastronómicas do norte de Itália!
  • Locais de interesse em Pádua: Em Itália, não deixe de visitar Roma, a capital ou a cidade do Renascimento, Florença.

7. Erasmus Riga, Letónia

Erasmus Riga

Passeio pelo centro de Riga, na Old Town

Depois de séculos de ocupação, a Letónia e as suas irmãs do mar Báltico (a Lituânia e a Estonia) ganham cada vez mais destaque, quer no turismo na Europa, mas também atraindo estudantes de Erasmus. Riga é cidade cheia de belos detalhes, sobretudo pelos seus edifícios de Art Noveau.

  • Onde fica Riga? A capital da Letónia situa-se no coração do Golfo de Riga, na foz do Daugava, a poucos km de Talim, a capital da Estónia e de Vilnius, capital da Lituânia.
  • Custo de vida em Riga: Comparando com a média europeia, Riga é uma cidade barata. Um bilhete de transporte, custa cerca de 1,15 euros – moeda que o país adoptou em 2013.
  • Alojamento em Riga: Algumas agências de intercambio sugerem que mais fácil do que alugar um quarto, é alugar um apartamento, que poderá partilhar com outros estudantes.
  • Que idioma se fala em Riga? A maioria das instituições de ensino providencia aulas de letão aos novos alunos, apesar das aulas serem quase sempre em inglês.
  • Viajar para Riga: De Portugal não há voos para Riga diários e mesmo os voos TAP para Riga implicam escala em Londres.
  • O melhor de Riga: No Natal, os mercados de Natal e o vinho quente dão uma aura de magia à capital. E anote este local, pois quem faz Erasmus em Riga, passa sempre pelo French Bar.
  • Locais de interesse em Riga: Explore o lado mais rural da Letónia, participando nas festas da primavera ou na “apanha” dos cogumelos. Aproveite para tirar partido da localização geográfica, para viajar para os países vizinhos, mas também para visitar a Finlândia ou a Suécia, beneficiando dos voos baratos entre estes países.

8. Erasmus Istambul, Turquia

Erasmus Turquia

Amanhecer em Istambul – Foto de Sofia Macedo

Apesar de não estar na União Europeia, a Turquia possui vários acordos comuns, fazendo também parte do programa Erasmus. E de todas as cidades turcos, Istambul é das mais incríveis, como disse Napoleão: “se um mundo tivesse uma capital, seria Istambul”!

  • Onde fica Istambul? Dividida entre a Europa e a Ásia, Istambul a cidade mais populosa da Europa, com mais de 17 milhões de habitantes.
  • Custo de vida em Istambul: Os preços na Turquia oscilam muito, devido à economia frágil do país. Istambul é das cidades turcas mais caras, mas continua a ser bastante acessível, comparando com a média europeia.
  • Alojamento em Istambul: O principal problema do alojamento não são os preços, mas sim encontrar opções para alugar, até porque muitos senhorios apenas falam turco. Tente ficar nas residências da universidade ou use a Erasmusu para encontrar quarto.
  • Que idioma se fala em Istambul? Na universidade, as aulas para Erasmus são em inglês. Mas precisará de saber turco para sobreviver no dia-a-dia, nem que seja apenas um pouco!
  • Viajar para Istambul: De Lisboa, existem voos para Istambul diretos. Se vai viajar para Istambul desde o norte de Portugal, considere também o Aeroporto de Vigo, já que a Air Europa possui voos diretos. Use a www.omio.pt para conferir as várias (e mais baratas) opções de viagem.
  • O melhor de Istambul: Tudo! Os bairros de Taksim para sair à noite, Sultanahmet para passear ou o Grande Bazar para fazer compras! Istambul é uma das mais excitantes cidades europeias e não desilude, sobretudo pela simpatia e hospitalidade dos seus habitantes.
  • Locais de interesse em Istambul: Não deixe de visitar a capital da Turquia, Ancara, onde está o imponente Anıtkabir, dedicado a Mustafa Kemal Atatürk, o “pai dos turcos”. Aproveite também para explorar o sul da Turquia e as praias de águas cristalinas. Outros dois locais únicos são a Capadócia e Pamukale. Ah, ao contrário do que acontece em muitos países, os comboios na Turquia são normalmente mais baratos, do que os autocarros.

 

9. Erasmus Praga, República Checa

Praga erasmus

Ponte Carlos em Praga – Instagram de @Jacob

Praga é uma das mais belas capitais europeias, com a vantagem de ser mais barata do que a média europeia. Por norma, os alunos Erasmus têm aulas em inglês e o ambiente estudantil na cidade é muito positivo.

  • Onde fica Praga? Localizada na zona da Boémia central, está situada nas colinas nas margens do rio Vltava. Outras vantagem de um Erasmus em Praga é a possibilidade de poder viajar facilmente para os países nos arredores, como a Austria, a Hungria ou a Alemanha – países que fazem fronteira com a República Checa.
  • Custo de vida em Praga: Para a média europeia, Praga continua a ser uma capital barata, com preços bastante acessíveis.
  • Alojamento em Praga: O sistema de alojamento, varia de universidade para universidade. Ainda assim, encontrar algo no centro de Praga a um bom preço, não é uma tarefa impossível.
  • Que idioma se fala em Praga? As aulas costumam ser em inglês e a população mais jovem fala bem o idioma. Além disso, sendo Praga uma cidade tão visitada, encontrará facilmente informação em língua inglesa.
  • Viajar para Praga: Hoje em dia, já há voos low cost desde o Porto para Praga. De Lisboa, existem voos TAP para Praga.
  • O melhor de Praga: A beleza da cidade, sobretudo na primavera, é algo bastante especial. Aproveite também para ir muito à Ópera e ao Teatro, já que os preços são dos mais baratos na Europa e o programa cultural é vasto. Além disso, está na cidade que mais cerveja consome na Europa, são várias as marcas e um motivo de orgulho para os checos.
  • Locais de interesse em Praga? Além das muitas atracções de Praga, aproveite para viajar de autocarro ou apanhar um comboio para Berlim, Budapeste, Viena, entre outras. Os preços das viagens são bastante baratas e Praga é um excelente ponto de partida para explorar a Europa central. A Omio já possui cobertura na  República Checa, aproveite o nosso site de viagens para planear a sua viagem na Europa.

10. Erasmus Budapeste, Hungria

Trem Viena Budapeste

Termas de Budapeste – Instagram de @dialaskitchen

Tal como Praga, também a capital da Hungria é conhecida pelo seu custo de vida barato e beleza. No entanto, Budapeste tem… termas! Sim, termas! Desde os tempos do império Otomano, que Budapeste possui o maior sistema termal do mundo e há dezenas de termas espalhadas por toda a cidade.

  • Onde fica Budapeste?  Budapeste resulta da junção de duas cidades, Buda e Peste. A cidade é cortada do norte a sul pelo rio Danúbio.
  • Custo de vida em Budapeste: Comparando com a média europeia, Budapeste é uma capital barata. O país ainda não aderiu ao Euro e a moeda local é o Forint Húngaro (HUF).
  • Alojamento em Budapeste: O Erasmus Student Network (ESN) da BME Budapest é uma boa ajuda na hora de procurar quarto na cidade. Entre em contacto com eles, para mais informação.
  • O que se fala em Budapeste? O húngaro é considerado um dos idiomas mais difíceis do mundo! Daí que os estudantes de intercambio possam ter aulas em inglês.
  • Viajar para Budapeste: Os voos Lisboa Budapeste são operados pela TAP Portugal e pela Wizz.
  • O melhor de Budapeste: Tal como Praga, a sua localização é ideal para viajar e explorar os países à volta. A capital é bonita e a Universidade de Budapeste é bastante prestigiada, assim como a educação no país. O ambiente internacional é vibrante, já que além dos alunos Erasmus existem muitos estudantes estrangeiros que optam por estudar em Budapeste.
  • Locais de interesse em Budapeste: Apesar de ser uma capital pequena, há muito para ver e fazer em Budapeste. E lembre-se: a Hungria faz fronteira com vários países. A Eslováquia a norte, a Romenia do lado leste, a Sérvia está no sul, a Croácia a sudoeste, a Eslovênia na parte oeste, a Áustria a noroeste e a Ucrânia a nordeste.


*Os preços apresentados foram retirados do site Numbeo.
*Os preços estão sujeitos a alterações às quais a Omio é alheia. P
esquise horários e preços em tempo real AQUI.