Viagens Bruxelas

Mais de 1000 empresas de transportes confiam em nós para vender os seus bilhetes num só local.

Trenitalia
Easyjet
Deutsche Bahn
SNCF
Alojamento

Precisa de um lugar para ficar em Bruxelas?

Ver no mapa

Melhores hotéis

Casas e apartamentos inteiros

Encontre o melhor alojamento para si, com o nosso parceiro Booking.com

Ver tudo
Sobre Bruxelas
Visitar Bruxelas
Viagens para Bruxelas
Viagens na Europa

Sobre Bruxelas

A capital da Bélgica é também a capital e a cidade sede da União Europeia, razão pela qual, em Bruxelas não pode deixar de visitar o bairro Europeu e também o Parlamento!
Outras atracções de Bruxelas são o Palácio Real e os seus jardins, assim como o centro da cidade e a castiça da cidade, a Grand-Place de Bruxelas. É aqui que se encontra a popular estátua do Manneken Pis - não perca mais à frente, a versão feminina da estátua! Bruxelas é o ponto de partida ideal para viajar para outras cidades da Bélgica, como Bruges, Gant ou Liége.

Visitar Bruxelas - Breve guia de Bruxelas

  • Movimentar-se em Bruxelas: A cidade possui uma boa rede de transportes públicos, com tram incluído. Ainda assim, opte por caminhar por Bruxelas para melhor conhecer a cidade!
  • O que visitar em Bruxelas: Além das mais conhecidas atracções de Bruxelas, como a Grand Place ou o Atomium, não deixe de visitar a Mini-Europa, uma espécie de parque de Portugal dos Pequenitos de Bruxelas, mas com os vários monumentos da Europa! Clique e veja mais abaixo o que fazer em 2 dias em Bruxelas.
  • Quando visitar Bruxelas: O Natal é um momento mágico para visitar a cidade e explorar os mercados de Natal de Bruxelas. Para aqueles que não gostam de frio, a nossa dica de viagem é preparar a viagem a Bruxela durante a primavera!
  • Comer em Bruxelas: A par dos chocolates, a cerveja belga é um dos maiores orgulhos nacionais! Conheça Bruxelas fazendo uma tour de cerveja e visitando as várias cervejarias artesanais que há pela cidade!
  • Viagens de Bruxelas: Se procura ideias para bate-voltas de Bruxelas, não perca Bruges, muitas vezes designada como a "Veneza do norte" e um verdadeiro postal! Outras opções são uma viagem de um dia a Gant ou a Liege. E tendo em conta a localização geográfica privilegiada de Bruxelas, uma viagem a Paris ou Amesterdão podem ser opções a considerar!

Voltar ao topo


Viagens para Bruxelas: Comboios, autocarros e voos

COMBOIOS BRUXELAS

São vários os destinos e viagens de comboio pela Europa que passam por Bruxelas, é o caso dos comboios internacionais de Amesterdão, Paris, Londres e de outras cidades europeias. Aliás, a cidade está na rota dos comboios de alta velocidade na Europa e por aqui passam os comboios Thalys e também o comboio Eurostar.
Existem três estações de comboio em Bruxelas: a Bruxelles-Central, a Bruxelles-Midi e a estação Bruxelles-Nord. A primeira, a estação de comboios de Bruxelles-Central é a maior e mais movimentada estação do país. Esta estação está situada no centro da cidade e pode inclusive caminhar até ela. Quanto a transportes públicos, pode chegar aqui apanhando o metro 1, 3, 4 ou 5 ou viajando nos suburbanos S1, S2, S5, S7 ou S9.

AUTOCARROS BRUXELAS

Outra opção a considerar é viajar de/para Bruxelas de autocarro. Como a Bélgica é um país pequeno, de autocarro chegará a outras cidades do país com facilidade desde Bruxelas E, tendo em conta que está numa capital, é fácil conseguir autocarros a partir de várias cidades europeias.
A Eurolines e a Megabus são as principais empresas de autocarros internacionais. Para viagens domésticas, poderá viajar com empresas como a De Lijn ou a TEC.
Quanto a rodoviárias, existem duas grandes estações em Bruxelas: Brussels North e Brussels South, que tal como o nome indica se situam, uma a noite e a outra no sul da cidade. Ambas estão bem comunicadas com os transportes públicos de Bruxelas e com acesso directo à Estação Central, bem no centro de Bruxelas.

VOOS BRUXELAS

Na hora de reservar voos para Bruxelas, confira sempre o aeroporto de chegada/partida. A cidade possui dois aeroportos, saiba mais sobre eles:
- Aeroporto de Charleroi
Este é o aeroporto mais utilizados pela companhias low cost na Europa. Se a sua viagem para Bruxelas é operada pela Ryanair ou pela Wizzair, irá provavelmente aterrar aqui. Este é o aeroporto mais distante do centro de Bruxelas, estando a cerca de 80 km.
Daqui não existem transportes públicos, mas pode viajar no Brussels City Shuttle, que de 30 em 30 minutos circula entre o aeroporto e o centro da cidade. O preço ronda os 14 euros. Se for viajar para o Luxemburgo, pode antes apanhar um dos Flibco no aeroporto.
- Aeroporto de Zaventem
Este é o mais movimentado Aeroporto de Bruxelas e também o melhor comunicado com os transportes públicos. O aeroporto possui a sua própria estação de comboios, de onde a cada 15 minutos saem comboios para Bruxelas, que param nas estações Gare Centrale, Gare du Nord e Gare du Midi. A viagem dura cerca de meia hora e custa 8..50€. Se procura viajar barato, opte pelo autocarro. A viagem para Bruxelas dura cerca de uma hora, mas o preço ronda os 3€ - e deverá apanhar os autocarros 272 ou 471.

Mais viagens na Europa

2 Dias em Bruxelas O QUE FAZER

Bruxelas é a capital do Reino da Bélgica, um país que apesar de pequeno é casa de três línguas oficiais: neerlandês, francês e alemão. Bruxelas é também a capital da União Europeia e a cidade ideal para comer waffles ou explorar as delicias do chocolate belga. Não perca também a cerveja belga, nem as lapas!

1. Passear na Grand-Place de Bruxelas

O Grand Palace é um lugar incontornável da cidade, situado bem no coração da capital belga. É aqui que está a Casa do Rei e a praça alberga edifícios góticos, barrocos e neogóticos, com cerca de 96 metros de altura. O autor francês dos Les Misérables, Victor Hugo considerou-a "a mais bela praça do mundo"!

2. Fotografar o menino e a menina: Manneken Pis e Jeanekke Pis

Acredite ou não, mas uma estátua de 61 cm de um menino a urinar está entre as principais atrações turísticas de Bruxelas - e, sim, é bem pequenina! Do outro lado da praça, está a sua "irmã"... a urinar também! No Museu de la Ville, pode ver as mais de 800 roupas feitas para esta estátua. Já agora, sabia que esta estátua não é a original? Desde a sua exposição, nos finais do século XVIII, que a estátua original foi roubada tantas vezes, que aquela que se encontra na praça é apenas (mais) uma réplica mais!

3. Fazer compras em Bruxelas nas Galerias Reais Saint Hubert

Les Galeries Royales Saint-Hubert foram abertas ao público em 1847 e ainda hoje continuam a ser um dos locais mais exclusivos para fazer compras em Bruxelas. Vale também a visita ao espaço, pelo seu belo edifício, adornado por um colossal tecto de vidro. Das sete galerias originais, hoje em dia existem apenas três: a Galeria do Rei, a da Rainha e a dos Príncipes.

4. Fazer um picnic no Parque de Bruxelas

Acredite ou não, até 1770, este parque era usado para caçar, pela família real belga e pelos membros da nobreza. Não muito longe da Grand Place, este parque é agora um dos mais concorridos espaços verdes de Bruxelas. Em dias de sol, é comum ver os belgas a almoçarem por aqui e a relaxarem ao sol... e até a beber uma cerveja. Como diz o ditado, "se não podes vencê-los...."

5. Admirar e visitar o Palácio Real de Bruxelas

Mesmo ao lado do parque e do lado oposto do Parlamento, está o Palácio Real. Até 1813, era a residência oficial da família real da Bélgica. Hoje em dia, o Palácio de Laeken assume essas funções - não se esqueça que a Bélgica é uma monarquia e desde 2013, que Filipe da Bélgica é o rei do país! O Palácio Real, hoje em dia, é usado apenas para actos simbólicos e de estado. A estrutura original remonta aos fins do século XVIII, quando a Bélgica e a Holanda eram governadas pelo mesmo rei.

6. Admirar a Catedral de São Miguel e Santa Gudula

A história desta catedral remonta ao século XI. No entanto, foi no século XIII, que o edifício foi renovada em estilo gótico, aparência que ainda mantém. Depois disso, vieram os saques protestantes, os revolucionários franceses e duas guerras. Hoje em dia, a catedral é um símbolo da resistência de Bruxelas - São Miguel Arcanjo e a mártir Santa Gudula são os padroeiros da capital da Bélgica.

7. Entrar no Atomium de Bruxelas

Construído para a Expo 58 de Bruxelas, o Atomium fez tanto sucesso que acabou por ficar e tornar-se num dos locais a visitar em Bruxelas obrigatoriamente! Com 102 metros de altura, o Atomium é composto por 9 esferas, de 18 metros de diâmetro cada, que estão unidas por tubos. O espaço tem um restaurante e alberga várias exposições em Bruxelas e, claro, umas vistas incríveis!

8. Entrar no centro da Banda Desenhada e participar numa Street art tour em Bruxelas

Em Bruxelas, não deixe de visitar o Centre Belge de la Bande Dessinée (CBBD), situado num edifício contemporâneo de Victor Horta, que homenageia o trabalho de cartoonistas como Hergé, o criador de Tintim, Yvan Delporte e de artistas dos quadrinhos de todo o mundo. Essa marca está também por toda a cidade e por isso, recomendamos-lhe uma tour por Bruxelas diferente: um circuito pela arte urbana de Bruxelas, uma forma diferente de fazer turismo em Bruxelas e que temos a certeza que será do seu agrado. .

9. Comer waffles ao almoço e ao jantar

Ok, deixe também espaço para outras iguarias da gastronomia belga, como os Mosselen met friet, em holandês ou Moules Frites em francês. Em português, permita-nos a liberdade de tradução, mexilhões com batatas fritas! No entanto, os waffles em Bruxelas são qualquer coisa de única! Primeiro, porque há-os por todo o lado e são muitos os sítios que disputam o título de "melhores waffles de Bruxelas" - da nossa parte, tentamos, provamos vários, mas não conseguimos escolher um. E prepare-se para se surpreender com a gastronomia belga, pois além destes exemplos de street food, há muitos restaurantes refinados e para paladares mais apurados.

10. Beber o orgulho nacional: a cerveja belga

A cerveja belga é uma das mais populares cervejas do mundo

Os belgas são educados e cordiais e há algo que os une: a certeza que a melhor cerveja, as melhores batatas fritas e o melhor chocolate é belga!
Quanto à cerveja, existem mais de 1 500 tipos de cerveja na Bélgica. A variedade é tanto que caso faça parte do grupo "eu não gosto de cerveja", dificilmente encontrará um belga acredite em si. Há cerveja frutada, com e sem cevada, escura, de trigo, etc. Algumas das marcas mais populares são a Stella Artois, a Jupiler ou Leffe. A nossa favorita é a Duvel!

Rodoviárias

Estações e aeroportos importantes para esta viagem

Bruxelas

É tão fácil planear as suas viagens com a app Omio

Levamo-lo ao seu destino. Desde atualizações de comboios em tempo real a bilhetes para telemóvel, a nossa app inovadora é a maneira ideal de planear e acompanhar a sua viagem.

ios-badge
android-badge
Hand With Phone
Moeda
Idioma